Agência Nacional de Petróleo proíbe a modificação de asfaltos na própria obra sem os requisitos de qualidade

A ANP, através do Ofício nº440/2005/SQP de 11 de outubro de 2005, comunicou a ABEDA – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Asfalto e também a todos os órgãos públicos responsáveis por obras de pavimentação de todo o Brasil que, em face de promulgação da Resolução ANP nº2 em 14/01/2005, fica expressamente proibida a industrialização de ligantes na própria obra, por empresas de execução de serviços de pavimentação rodoviária, utilizando agentes modificadores poliméricos – elastômeros, plastômeros e borracha de pneus.
A Resolução ANP nº2 estabelece os requisitos necessários para o exercício da atividade de Distribuidores de Asfaltos, considerando a necessidade de manter a uniformidade de padrões de qualidade e classificação adequada dos cimentos asfálticos comercializados em todo o território nacional.
As distribuidoras de asfalto passam por exaustiva e competente auditoria anual por parte da ANP para poderem fabricar e comercializar os seus produtos além de possuir carta de autorização para este fim específico.

Leia a matéria completa no informativo Fatos&Asfaltos nº6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *