Reunião da ABPv

Durante o período de 24 a 26 de agosto foi realizada a 36ª Reunião Anual de Pavimentação em Curitiba. Este evento foi preparado com muito esmero, desde o local escolhido (o Auditório da CIETEP), as palestras nacionais e internacionais, até as homenagens aos vultos rodoviários eméritos.
A RAPv foi muito concorrida com 590 inscrições, e estima-se que mais de 1500 pessoas passaram pela 1ª Feira de Novas Tecnologias Rodoviárias, realizada durante a reunião.
O evento também contou com a participação do consultor sul-africano Chris Poetgieter, que apresentou, a convite da GRECA ASFALTOS, uma palestra sobre o desenvolvimento da técnica do Asfalto Borracha na África do Sul. Ele também atendeu alguns clientes da GRECA ASFALTOS em uma reunião em sala especialmente disponibilizada durante a ABPv. O objetivo foi apresentar a experiência sul-africana no assunto.


Também convém ressaltar que a técnica de fabricação de Asfalto Borracha utilizada na África do Sul é conhecida como Continuous Blending. Este sistema não estocável é produzido com equipamento misturador na própria obra e, nesta condição, deve ser aplicado imediatamente devido a sua instabilidade. Sendo assim apresenta algumas características diferentes do nosso Asfalto Borracha.
A tecnologia especialmente desenvolvida pela GRECA ASFALTOS é diferente e é conhecida como Terminal Blending. Nosso produto é estocável, pois é preparado com borracha moída de pneus finíssima e devidamente misturado em um terminal especial, produzindo um ligante estável e homogêneo, posteriormente transportado para cada obra. Este sistema permite uma economia de tempo e de custos já que o ligante asfáltico modificado é produzido em planta especial da GRECA ASFALTOS e transportado para várias obras ao mesmo tempo com controle tecnológico de qualidade de primeira linha.
Os engenheiros do Grupo GRECA ASFALTOS estiveram tanto nos EUA como na África do Sul para estudar o Asfalto Borracha e possibilitar a adaptação da tecnologia do exterior para as condições de tráfego, clima, matérias-primas e características regionais de nosso País. A tecnologia desenvolvida pela GRECA ASFALTOS é única e é fruto de um original modelo de fabricação de Asfalto Borracha genuinamente nacional.
Durante a reunião também foi lançado, pela ABEDA – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Asfalto, em parceria com a PETROBRÁS e PETROBRÁS Distribuidora, o PROGRAMA ASFALTO NA UNIVERSIDADE – Programa Nacional para Aprimoramento da Capacitação em Pavimentação Asfáltica nos Cursos de Engenharia Civil.
O Programa promoverá a realização de cursos de atualização para professores dos cursos de Engenharia Civil em todo o País. Além disso, haverá a distribuição gratuita de completo e atualizado livro de referência sobre pavimentação asfáltica a todos os alunos de Engenharia Civil no País, além de material de suporte didático. As inscrições estão abertas a todos os professores dos cursos de Engenharia Civil e poderão ser feitas pelo site: www.proasfalto.com.br.
A Reunião da ABPv, que teve apoio da GRECA ASFALTOS foi um marco, e teve um papel importante para fortalecer todo o setor rodoviário, e também a Associação Brasileira de Pavimentação como um dos baluartes rodoviários nacionais.

Leia a matéria completa no informativo Fatos&Asfaltos nº5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *